Quarta-feira, 27 de Julho de 2005
"Nogueira Pinto lamenta "alheamento" da CML no processo da Ota"

(Notícia Lusa de 26 de Julho)


Lisboa, 27 Jul (Lusa) - A candidata do CDS-PP à Câmara Municipal de Lisboa (CML), Maria José Nogueira Pinto, lamentou hoje o "alheamento" da autarquia da capital no processo de tomada de decisão sobre a transferência do aeroporto para a Ota.

"Não só à Câmara não está envolvida na tomada de decisão como não está presente nas negociações para prevenir más ou menores compensações para o município devido à deslocalização", lamentou Nogueira Pinto, em declarações à Lusa no final de uma reunião com a administração da ANA, entidade responsável pela exploração aeroportuária, controlo e gestão do tráfego aéreo em Portugal.

(...)Nogueira Pinto questionou a administração da ANA sobre as compensações que serão atribuídas ao município se se concretizar a deslocalização do aeroporto.

Depois desta reunião, a candidata, que se tem manifestado contra a saída do aeroporto da capital, reiterou que "não está devidamente fundamentada a necessidade de mudar o aeroporto para a Ota".

"A saída do aeroporto da cidade é má para a sua competitividade e economia, só com uma fundamentação clara e objectiva faria sentido esta decisão", disse.

Nogueira Pinto questionou a administração da ANA sobre as compensações que serão atribuídas ao município se se concretizar a deslocalização do aeroporto, adiantando à Lusa que estas estarão relacionadas com os terrenos que ficarem livres depois da saída do aeroporto.

"É trocar actividade económica, que gera emprego e riqueza, por património", lamentou, insistindo que "a Câmara devia estar neste processo negocial e não está".

No início de Julho, na apresentação do Plano de Investimentos em Infra-Estruturas Prioritárias (PIIP), o primeiro-ministro garantiu que as linhas ferroviárias de alta velocidade e o novo aeroporto da Ota serão concretizados.

A construção do novo aeroporto da Ota tem merecido repetidas críticas dos líderes do PSD, Marques Mendes, e do CDS-PP, Ribeiro e Castro, bem como de alguns economistas devido à situação das finanças públicas.

SMA.

Lusa/fim


publicado por Maria José Nogueira Pinto às 11:46
link do post | favorito
Envie um e-mail
pesquisar
 
Maio 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
posts recentes

Vereador sobre eventual r...

Prioridade número um é at...

Anacoreta Correia teme co...

350 atletas em Lisboa no ...

Oposição exige que seja o...

Turismo: Lisboa subiu par...

Filmes da Argentina e Mal...

Carmona tenta convencer M...

Oposição vê eleições como...

Carmona partiu para expos...

arquivos

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Maio 2006

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

tags

actividades

agenda

intervenções

notícias lx

opinião

programa eleitoral

propostas

revista de imprensa

sobre mjnp

todas as tags

links
blogs SAPO
subscrever feeds