Quarta-feira, 14 de Março de 2007
Proposta Casa Padre António Vieira será reformulada
Acolhendo a sugestão do Vereador do BE, Dr. José Sá Fernandes, a Vereadora do CDS-PP, Dra. Maria José Nogueira Pinto decidiu adiar a votação da proposta de criação da Casa Padre António Vieira.
 
“O Sr. Vereador Sá Fernandes primeiro começou por comparar que se nós não pagamos às associações dos sem-abrigo como é que nós vamos pagar a Casa Padre António Vieira... aqui eu desacordo em absoluto porque esta proposta é feita numa cidade que dá dinheiro para o Rock In Rio, para as Marchas, para o Lisboa-Dakar, para a ModaLisboa, também pode dar para o Padre António Vieira. O Sr. Vereador não pode comparar o que não é comparável”, contou a Vereadora democrata-cristã.
 
“Mas ele disse uma coisa que me pareceu muito certa, de que em vez de se ler na proposta “deliberar aprovar a criação”, deveria ler-se “deliberar estudar a criação”. Isto porque depois também veio uma proposta muito simpática do Sr. Vereador Amaral Lopes dizendo já aquilo que a Câmara podia liberar hoje, porque eram coisas que à partida não custavam dinheiro, eram feitas com a prata da casa”.
 
Aliando ainda o facto de a Câmara Municipal de Lisboa não ter património disponível na zona da Sé, a Dra. Maria José Nogueira Pinto avançou com “uma hipótese muito interessante que eu julgo que seria de explorar que é a própria Casa da América Latina”.
 
“A Casa da América Latina, neste momento, é uma associação que a Câmara promoveu e cujos associados fundadores são tudo empresas portuguesas. As embaixadas dos países da América Latina utilizam a Casa da América Latina como um espaço para fazerem eventos. Portanto, não haveria, do meu ponto de vista, nenhum problema e pelo contrário era muito interessante dar à Casa da América Latina muito mais força ao torná-la possivelmente na Casa Padre António Vieira”, refere a Vereadora, lembrando ainda que “o Padre António Vieira era um homem que em termos da América Latina, a América Latina só pode ficar orgulhosa de estar sobre essa égide”.
 
A Vereadora Nogueira Pinto diz que vai agora ver qual é o actual plano de actividades da Casa da América Latina, mas não deixa de crer que “este espaço podia viver de conteúdos que vinham do exterior. Os conteúdos próprios da América Latina manter-se-iam, aos quais acresceriam todos os outros conteúdos que entretanto conseguíssemos. Isto para tornar quase inexistentes quer o investimento da construção de um espaço maior, quer as despesas de funcionamento”.
 
Quanto à ideia inicial, de identificar a imagem do Padre António Vieira com a Sé, a Vereadora do CDS-PP crê que “poderia haver também um pequeno espaço na Sé onde poderia ficar a estátua do Padre António Vieira, aproveitando um espaço público. E depois os eventos realizar-se-iam completamente em rede porque desde as fundações, ao Ministério da Cultura, a sponsers vários, a empresas brasileiras e à própria TvGlobo, desde a Biblioteca Nacional, à Torre do Tombo, à Sociedade de Geografia… eu faço já aqui uma lista gigantesca. Portanto, temos que distinguir os custos dos eventos que é completamente em rede e facilmente sponsorizado em 2008, daquilo que seria o investimento do pequeno espaço e do que seria depois a possibilidade de agarrar na Casa da América Latina e dar-lhe outra feição”.
 
Para a Dra. Maria José Nogueira Pinto, “não faz sentido Portugal ter uma Casa da América Latina para tomar conta da Bolívia e de Cuba. Faz sentido ter a Casa Padre António Vieira onde também Cuba é muito bem-vinda”.
 
“Finalmente, dizer que este é um espaço para o diálogo intercultural num plano muito mais moderno e muito mais europeu do que aquela ideia de que nós temos muito ligada à integração dos imigrantes, que é o batuque e a capoeira, etc.”
 
Na nova reformulação da proposta apresentada pelo CDS-PP, a Vereadora propõe-se já a dar o seu contributo de “pensar e de estruturar”, e mostra-se desde já confiante: “o acolhimento foi muito positivo pelos vereadores e ela [a proposta] certamente será aprovada”.
publicado por Marlene Marques às 19:10
link do post | favorito
|
Envie um e-mail
pesquisar
 
Maio 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
posts recentes

Vereador sobre eventual r...

Prioridade número um é at...

Anacoreta Correia teme co...

350 atletas em Lisboa no ...

Oposição exige que seja o...

Turismo: Lisboa subiu par...

Filmes da Argentina e Mal...

Carmona tenta convencer M...

Oposição vê eleições como...

Carmona partiu para expos...

arquivos

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Maio 2006

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

tags

actividades

agenda

intervenções

notícias lx

opinião

programa eleitoral

propostas

revista de imprensa

sobre mjnp

todas as tags

links
blogs SAPO
subscrever feeds