Quinta-feira, 1 de Setembro de 2005
Visita da Candidatura da Dr.ª Maria José Nogueira Pinto ao Parque das Nações


(Notícia da ANMPN)

"Na sequência do convite do Dr. José Moreno presidente da Associação de Moradores e Comerciantes do Parque das Nações (AMCPN), deslocou-se à Marina do Parque das Nações - Edifício Nau -, a candidata à Câmara Municipal de Lisboa – Dr.ª Maria José Nogueira Pinto - acompanhada, entre outros, pelo Engº António Rosinha e Dr. Anacoreta Correia. A ANMPN esteve representada pelo presidente e vice-presidente respectivamente, Manuel Ventura e Paulo Andrade.

A candidata numa atitude informal convidou as duas associações presentes a juntarem-se à mesa para uma breve troca de impressões. A ANMPN entregou um dossier a cada um dos presentes contendo diversa documentação e expressou a sua indignação pelo desprezo a que a Marina foi votada não só pela Parque Expo, como também pela concessionária, autarquia e governo.
A Dr.ª Maria José N. Pinto mostrou-se chocada com toda a situação de desleixo e abandono em que se encontram a marina, o edifício Nau e respectivos arredores, bem como, pelo esbanjamento de recursos financeiros públicos efectuado ao longo dos últimos anos, sem qualquer resultado para o restabelecimento da operação da marina.



Afirmou ter enorme dificuldade em compreender como é possível não potenciar uma infra-estrutura como a Marina do Parque das Nações, decerto geradora de evidentes mais valias para os potenciais investidores e agentes económicos. Por outro lado reconheceu não ser admissível que a cidade de Lisboa permita ter no seu seio tamanho e absurdo espectáculo.

A nossa associação fez notar que a Câmara Municipal de Lisboa tem responsabilidades no estado actual da marina, já que, nada faz para sentar à mesa as partes interessadas e congregá-los num desígnio comum que permita, de uma vez por todas, desbloquear o processo. É o interesse público que o exige!
A candidata afirmou que a sua candidatura não tem nada de novo para oferecer, já que, o trabalho que está por acabar na cidade de Lisboa é mais do que suficiente para a vigência de um mandato. A Marina do Parque das Nações é um entre muitos exemplos do que atrás ficou referido, para a qual é fundamental uma solução urgente.

Entende que a CML pode e deve assumir um papel mais activo na tentativa de contribuir para uma solução que acabe de uma vez por todas com a péssima imagem que todo o local apresenta e permita a operacionalidade daquela que será a primeira marina da capital. Chamámos à atenção da Dr.ª Maria José para o desmazelo e para a acumulação de lixo na ponte-cais e quebra-mares, locais tomados novamente de “assalto” pelos pescadores de cana (estavam dezenas à hora da visita), em atitude de completo afrontamento à placa de “Proibição de Pescar” (resta apenas uma das três placas afixadas há cerca de um mês, verdadeiro exemplo da falta autoridade e de zelo por parte da Parque Expo, naquele espaço.)
Ficámos cientes do interesse da candidata que mostrou possuir ideias firmes e concretas sobre a necessidade de dinamizar as frentes ribeirinhas da cidade, a náutica de recreio e o turismo de vertente náutica.

A Direcção da ANMPN


publicado por Maria José Nogueira Pinto às 16:43
link do post | favorito
|
Envie um e-mail
pesquisar
 
Maio 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
posts recentes

Vereador sobre eventual r...

Prioridade número um é at...

Anacoreta Correia teme co...

350 atletas em Lisboa no ...

Oposição exige que seja o...

Turismo: Lisboa subiu par...

Filmes da Argentina e Mal...

Carmona tenta convencer M...

Oposição vê eleições como...

Carmona partiu para expos...

arquivos

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Maio 2006

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

tags

actividades

agenda

intervenções

notícias lx

opinião

programa eleitoral

propostas

revista de imprensa

sobre mjnp

todas as tags

links
blogs SAPO
subscrever feeds